Ovina Yetu

Angola da raiz ao prato,
com sentimento e inovação.

Conceito

OVINA YETU, em Umbundu língua nativa do sul de Angola significa “O Nosso Produto, a Nossa Coisa”.
A Fundação Ovina Yetu, projecto pessoal do Chef Helt Araújo, surge com o propósito pela procura de conhecimento sobre a desconhecida gastronomia angolana. Produtos ricos, técnicas, tradições e outros saberes ancestrais que sobrevivem silenciosos nas vastas províncias de Angola, sem registo nem disseminação.
O nosso caminho é focado na investigação, no registo, na sistematização, e reflexão escrita de forma a divulgar a história da gastronomia e dos produtos nativos angolanos, que contribuem para a resiliência de um povo e para a preservação da biodiversidade e das práticas para uma cozinha sustentável.

Abordagem

Contamos com uma equipa multidisciplinar, com competências em diferentes áreas de investigação e atuação, que contemplam projectos sociais, biologia, preservação ambiental, fotografia e chefs de cozinha, para recontar a nossa história com uma base científica e sobretudo humana junto das comunidades locais. Pretendemos investigar e desenterrar as raízes da cultura gastronómica angolana, produtos, técnicas e outros saberes, que caminham para o esquecimento. Conhecer produtores locais que usam métodos de produção mais sustentáveis, em sintonia com os ecossistemas angolanos, e que ainda têm este conhecimento vivo nas suas mãos.
Desenterrar as raízes da cultura gastronómica angolana.

Mobilização da task force

Ação da equipa multifacetada nas províncias angolanas.

Levantamento

Investigação, registo e sistematização de produtos, técnicas e produtores.

Desenvolvimento

Reflexão.
Reinvenção de técnicas gastronómicas ancestrais.
Criação de receitas sustentáveis. Elaboração de literatura gastronómica angolana.

Implementação

Divulgação do conceito junto dos produtores.
Dinamização ao longo da cadeia de valor. Aplicação do conceito à restauração. Devolução de valor às comunidades locais. Criação de um legado de resiliência para as gerações futuras.

Pessoas

A Fundação Ovina Yetu, conta com uma task force liderada pelo Chef Helt Araújo:
  • Adiani Costa | Bióloga
  • Maria Alves | Engenheira Alimentar
  • Rafael Marques | Sociólogo
  • Laurinda Macedo ( Fazenda Agrolider) | Equipa de agrónomos
  • Isabel Fontes | Socióloga da vida alimentar angolana
  • Dra. Lina Alberto | Conhecedora da gastronomia da região do Congo e norte de Angola
  • Associação Umbutu | Equipa de investigadores de campo
  • Dra. Agnela Barros | Antropóloga
  • Jessé | Fotografia
  • Rosemaire Luís | Consultora
  • Paula da Kamy | Jurista e Activista
Uma equipa em crescimento com os olhos posto no futuro de Angola.

Projectos

VALE DO BERRO
O vinho do Vale do Berro é um projeto inovador da província do Namibe, da autoria do médico e empresário Paulo Murias, que pela primeira vez criou um néctar autêntico e angolano. Este vinho, abraçado pelo Chef Helt Araújo, está presente no mercado angolano onde se pretende consolidar, para de futuro pensar no mercado internacional.
FLOR DO DUKE
O espaço Flor do Duke, é um projeto inspirado nas raízes e produtos nacionais, com foco na região do Namibe, para criar uma viagem aos sentidos genuinamente angolana.
Através da dedicação e da partilha de experiências de cada pessoa que forma a equipa, o menu é diferenciador e elaborado com inspiração no conceito Ovina Yetu.
PROJECTO MATÉRIA
O projeto Ovina Yetu, da autoria do Chef Helt Araújo, conta com uma parceria estratégica do Projeto Matéria liderado pelo Chef João Rodrigues. Os dois projetos partilham um denominador comum: promover e divulgar a cultura gastronómica dos países de origem, Angola e Portugal respectivamente. Mais do que uma parceria profissional, esta ligação é o resultado de uma profunda amizade entre os dois Chefs, que partilham os mesmos valores.

Notícias

Contactos

Newsletter